Keira Knightley recusa filmar cenas de sexo se os realizadores forem homens

A atriz revelou que não tem interesse em participar em filmes com cenas de sexo que não acrescentem nada à história.

Keira Knightley, de 35 anos, revelou que não irá gravar mais cenas de sexo em filmes que sejam realizados por homens. A atriz referiu que o seu corpo mudou depois de ter sido mãe e que adotará uma nova postura em futuros projetos nos quais participe.

“Em parte é vaidade, em parte também é o olhar masculino”, começou por afirmar Keira no podcast Chanel Connects. A atriz acrescentou ainda que aceitaria gravar produções em que se abordasse uma “jornada da maternidade, essa jornada sobre o corpo”, mas apenas se a realizadora fosse uma mulher.

Keira contou ainda no mesmo podcast que apenas lhe interessam cenas de sexo que acrescentem valor à produção cinematográfica e nas quais não surjam apenas dois atores a gemer. “Sou muito vaidosa, o corpo agora já teve duas crianças e prefiro não ficar nua à frente de um grupo de homens”, disse.

A atriz já trabalhou com realizadores como Joe Wright, David Cronenberg ou Wash Westmoreland. Participou em “Expiação”, “Um Método Perigoso”, “No Limite do Amor”, “Colette” e em “O Dia a Seguir”.