3 livros para perceber o racismo e porque não deve ser apoiado

De Angie Thomas a Louise Spitsbury. 3 livros que explicam o racismo.

O Ódio que Semeias, Angie Thomas
Editorial Presença, 2017

Aos 16 anos, Starr vê-se dividida entre o bairro problemático e habitado por negros como ela, e a escola situada numa zona elegante residencial de brancos que frequenta. Parece tudo equilibrado, até que um polícia dispara contra Khalil, o seu melhor amigo, e Starr é a única testemunha. Este é um poderoso romance sobre o movimento Black Lives Matter e sobre a luta contra a discriminação e a violência.

Racismos, Francisco Bethencourt
Temas e Debates, 2015

Esta é a primeira história exaustiva do racismo, desde as Cruzadas até ao século XX. Embora o autor defenda que não existe uma “tradição contínua de racismo no Ocidente”, pretende mostrar que o racismo deve ser visto no contexto das hierarquias sociais. Francisco Bethencourt desafia o leitor a refletir e a distanciar-se das ideias lineares ou já adquiridas sobre o racismo.

Racismo e Intolerância, Louise Spitsbury
Bertrand Editora

Por vezes, as crianças ouvem palavras difíceis que não entendem e poderão assustar-se. Porém, através deste livro ilustrado, poderemos ajudar as crianças, respondendo às suas perguntas sobre Racismo e Intolerância. De uma forma bela e fácil, ajudaremos as nossas crianças a lidar contra o preconceito.