“As Moscas de Outono” de Irène Némirovsky

Originalmente publicado em 1931, Irène Némirovsky tinha 28 anos quando foi considerada “a sucessora de Dostoiévski” pelo New York Times com “As Moscas de Outono”. Desde cedo que a autora mostrara uma grande capacidade para refletir sobre a moralidade e as diferentes condições da vida humana.