Theodor Mommsen, o primeiro historiador a vencer o Nobel da Literatura

Na segunda edição do Nobel da Literatura, um historiador alemão é o laureado devido ao seu trabalho em “A History of Rome”.

Publicado em Categorizado como Prémio Nobel Etiquetas: , , , ,
Créditos: Arquivo da Fundação Nobel

Nascido a 30 de novembro de 1817 em Gardin, Alemanha, Christian Mathias Theodor Mommsen foi considerado um dos maiores especialistas em história da Antiguidade Latina. Tornou-se professor de Direito na Universidade de Leipzig, mudando-se mais tarde para as Universidades de Zurique e Breslau. Em 1858, Mommsen tornou-se regente da Cadeira de História da Antiguidade na Universidade de Berlim, tendo contribuído para a aplicação de métodos científicos relacionados com a história de Roma.

O historiador alemão contribuiu ainda para a publicação do “Corpus Inscriptionum Latinarum”, uma compilação de inscrições romanas, pela Academia de Berlim. Theodor Mommsen foi membro da Academia das Ciências e das Artes da Prússia, sendo a sua obra de maior relevo “Römische Geschichte”.

A Academia Sueca atribuiu o Nobel da Literatura a Theodor Mommsen, em 1902, por considerarem o autor o mestre da escrita histórica: “the greatest living master of the art of historical writing, with special reference to his monumental work, A history of Rome.

Um ano mais tarde, o autor falece em Charlottenburg, Alemanha, deixando uma vasta obra sobre a antiguidade latina.